Blog

Voltar

Prêmio Pritzker – o “Nobel” da arquitetura

Inspiração, Referências •

1capa

7452MOMA Gunma. Projeto: Arata Isozaki | foto: Yasuhiro Ishimoto

Considerado a maior honra da arquitetura – muitas vezes chamado de o “Nobel” da área – o prêmio Pritzker vem consagrando arquitetos vivos cuja obra produziu contribuições criativas, sólidas e consistentes para a humanidade, no campo da arquitetura, desde 1979. O vencedor leva para casa 100 mil dólares e a famosa medalha feita em bronze.

a

O arquiteto premiado em 2019, Arata Isozaki

Em 2019, o laureado foi o arquiteto japonês Arata Isozaki. Mas, antes de falar sobre ele, vamos conferir um pouco do histórico do prêmio? Oferecido pela família Pritzker, de Chicago, seu primeiro agraciado foi Philip Johnson, norte-americano considerado um dos “pais” da arquitetura moderna. Ele é um dos responsáveis pelo chamado “Estilo Internacional”, que previa uma arquitetura funcional, industrial e econômica, tendência dominante na arquitetura desde 1930. Abaixo, a sua famosa “Glass House”, a casa de vidro construída em 1949.

philip
Casa de Vidro de Philip Johnson | foto: Simon Garcia

Ao longo desses 40 anos, apenas três mulheres foram reconhecidas pela honraria:

ZAHA HADID – arquiteta britânica de origem iraquiana, primeira mulher laureada pelo Pritzker, em 2004.

zaha

Zaha Hadid, em frente ao Riverside Museum, em Glascow. Uma de suas obras mais marcantes | foto: Jeff J Mitchell

KAZUYO SEJIMA – premiada junto ao arquiteto Ryue Nishizawa em 2010. Juntos, eles fundaram o estúdio de arquitetura SANAA, em Tóquio.

sanaa

21st Century Museum of Contemporary Art, Kanazawa | foto: SANAA

(Tive a oportunidade de visitar esse projeto. Confira aqui.)

CARME PIGEM – que levou o prêmio em 2017 ao lado de seus parceiros Rafael Aranda e Ramon Vilalta do escritório RCR Arquitectes, na cidade de Olot, Espanha.

carme

Vinícola Bell–Lloc, 2007 | foto: Hisao Suzuki

Entre os brasileiros, dois grandes nomes da nossa arquitetura já receberam o Pritzker:

OSCAR NIEMEYER, em 1988

oscar

Museu de Arte Contemporânea de Niterói | foto: Frank Camhi

PAULO MENDES DA ROCHA, em 2006

paulo

Praça do Patriarca, São Paulo | foto: Bebete Viegas

Agora, vamos voltar ao vencedor de 2019?

“… Em sua busca por uma arquitetura significativa, Arata Isozaki criou edifícios de grande qualidade que até hoje desafiam categorizações, refletem sua constante evolução e estão sempre atualizados em sua abordagem. (…) é evidente que ele não segue as tendências, mas forjou seu próprio caminho.”

Essas são algumas das palavras do júri do Prêmio Pritzker 2019 para descrever o arquiteto. Confira as obras de Isozaki:

2Shanghai Symphony Hall | foto: Chen Hao

3Domus: La Casa del Hombre | foto: Hisao Suzuki

4Art Tower Mito | foto: Yasuhiro Ishimoto

5Nara Centennial Hall | foto: Hisao Suzuki

6Ceramic Park Mino | foto: Hisao Suzuki

7Allianz Tower | foto: Alessandra Chemollo

Imagens: divulgação Prêmio Pritzker