Blog

Voltar

Um pouco de arte, esporte e arquitetura em Paris

Inspiração, Sandra Pierzchalski •

1capa

Paris é daquelas cidades que se pode visitar mil vezes e sempre teremos algo novo para descobrir – ou, pelo menos, viver uma nova sensação ao rever um antigo lugar já conhecido.

Desta vez, o objetivo principal era assistir às partidas finais da Roland Garros 2019. Experiência estupenda de ver ao vivo a disputa que deu o título de campeão a Rafael Nadal pela 12ª vez!

2

Mas, entre um jogo e outro, ótimas surpresas! A começar pelo Brach Paris, hotel conceito inaugurado em 2018. Seguindo a tendência contemporânea do luxo descontraído, o prédio reformado apresenta conceito inovador pelas mãos do arquiteto Philippe Starck. Grandes janelas de vidro nos quartos, decoração descolada, arte por todos os lados e um terraço de cair o queixo: deque com um lindo jardim, galinheiro para as lindas 🐔 Eglantine, Berenice e Suzie e vista privilegiada para a Torre Eiffel.

3

No Musée Picasso, o anfitrião abriu espaço para as obras de Alexander Calder. A mostra conjunta do mestre do cubismo e do escultor americano famoso pelas suas estruturas em móbiles foi organizada pelos netos dos artistas e busca explorar as convergências estéticas entre eles. Se pretende visitar a cidade nos próximos meses, vale conferir a exposição que fica em cartaz até 25 de agosto com obras indispensáveis para a arte do século XX!

4

E para quem está em busca de novidade, a Fundação Louis Vuitton é um museu e centro cultural dedicado à vanguarda da arte contemporânea. Localizado adjacente ao Jardin d’Acclimatation, o prédio assinado pelo arquiteto Frank Gehry, ganhador do prêmio Pritzker, apresenta uma estrutura de vidro que faz referência aos tradicionais palácios e estufas de cristal localizados em jardins de estilo europeu. Já a sua audaciosa forma com blocos irregulares, em formato de velas de barco, dá sentido de movimento ao resplandecer o jardim, o espelho d´água e as mudanças da luz ao longo do dia e das estações:

5

Tem sido uma experiência enriquecedora. Mas ainda temos alguns dias pela frente. Au revoir!