Blog

Voltar

Tarsila do Amaral no MASP

Inspiração •

1capa

Tarsila do Amaral é um dos grandes nomes da arte e a maior representante do movimento modernista nacional do início século XX. Seu valor foi recentemente corroborado pela compra de uma tela de sua autoria por 20 milhões de dólares pelo MoMA de Nova York – a maior transação já realizada na aquisição de um quadro brasileiro (apesar de que o “Abaporu” está avaliado por muito mais).

Porém, mais que números, são as cores e formas que provam o seu talento único. No MASP, a mostra “Tarsila Popular” chega a sua última semana de sucesso absoluto, com 92 obras compondo a maior exposição da artista.

2

As longas filas no vão aberto do museu podem, a princípio, assustar. Mas é uma oportunidade sem precedentes de ver reunidas pinturas de diferentes fases de Tarsila – do seu início formal, passando pela fase Pau Brasil e Antropofágica, com uma brasilidade lúdica, até o período mais sóbrio e de forte crítica social a partir dos anos 1930. Vendo em conjunto, compreendemos melhor a visão da artista que mergulhou profundamente nas raízes do país. Ela representou cidades, a zona rural, ritos religiosos, a cultura popular, as lendas e o trabalhador.

3

E claro, o “ABAPORU”, considerada a sua obra-prima, é o grande chamariz da exposição. A obra, que pertence ao museu argentino MALBA, volta ao Brasil como estrela de uma mostra essencial para a cultura nacional.

4

A concorrida tela “Abaporu”

Vá ver.

Tarsila Popular

Até 28 de julho de 2019

MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
Av. Paulista, 1578 – Bela Vista, São Paulo – SP